Spread the love

Não perder dinheiro na revenda era o sonho da maioria dos proprietários de veículos no Brasil, que dirá ganhar, para muitos o próprio nirvana.

 

Como muitos sempre compram pensando em vender, a pandemia de coronavírus trouxe a oportunidade de vivenciar esse sonho, de ver o carro valorizar diariamente sem a hiperinflação dos anos .

 

A supervalorização, melhor, a “maxivalorização” do carro usado, norteada pela falta de chips na indústria, decorrente da própria pandemia e da política dos fabricantes, gerou uma tabela Fipe inflacionária.

 

Nesse admirável novo mundo da subida constante dos preços dos carros usados, nem tudo é perfeição e o IPVA mais caro é uma prova disso, assim como o aumento do seguro…

 

No mercado, já se verifica alta de até % nos apólices de seguro por causa dos preços mais altos dos automóveis rodados, quase o dobro da inflação de , que foi de ,%.

 

Segundo as seguradoras, o movimento para cima gera um desconforto, dado que durante a quarentena, o custo com seguro despencou, devido à redução da circulação de veículos.

 

Agora, com alta de % na tabela Fipe em , simplesmente mais que o triplo da inflação, o seguro acelera também, pois, assim como fazem os governos estaduais com o IPVA, as seguradoras a utilizam como base de cálculo das apólices.

 

Se o seguro já havia subido até % em , em as seguradoras deverão aplicar um reajuste médio de %.

 

Contudo, a maxivalorização do usado não é o único motivo para o aumento, embora seja o principal.

 

Durante a pandemia, muitas oficinas fecharam e não retornaram quando os carros voltaram às ruas.

 

Outro ponto é que o retorno dos automóveis às ruas, gerou alta em ocorrências de acidentes, roubos, etc.

 

Antes, os valores do seguro haviam caído devido à queda dos sinistros, por isso as apólices ficaram mais baratas, agora é o inverso.

 

Com alta da inflação, impostos, combustíveis e tudo mais, a possível redução nas vendas de seguro é preocupante no setor. Solução?

 

Facebook Comments

By admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.